quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Danças tradicionais de vários países europeus

As recolhas tradicionais quer a nível nacional quer a nível internacional fazem com que se reencontre o passado popular e tradicional na vida actual, em que estão a desenvolver-se progressivamente por toda Europa quer em bailes quer em festivais. A diversidade de danças, sejam de grupo, a pares ou mesmo livres, tanto podem ser divertidas e cheias de energia, como mais calmas e emotivas. A particularidade destas danças será ir ao encontro de bailes "ao vivo e a cores" com músicos e dançarinos.
As danças e os países:
Portuguesas (passo doble, vira das beiras, vira do Minho, mirandesas, corridinhos, valsa mandada, fados, danças de roda);
Italianas (sbrando, curranta, gigo, tarantelas);
Francesas (avant deux, bourrée, gavotte, branle, andró, hanter dró);
Israelitas (tsadik katamar, ma n'avou, nigoono shel yosi);
Inglesas (reel, contradanças, círculos, chappelloise, scottisch);
Alemãs/Aústriacas (valsa, valsas irregulares, valsa familiar, zwiefachen);
Polacas (mazurka, polka, polka da estrela, polka de ramón);
Estonianas (serjhoza, kikkapuu, oje vasemba, tinna);
Gregas (hassapikos, misir lou);
Espanholas/Galegas/Bascas (sete saltos, conchinchina, muñeiras, xotas);
Suecas (polska, slein polska), entre outras.

2 comentários:

Anéthi :3 disse...

><

Anônimo disse...

Bom, queria saber se existe alguma dança europeia masculina e feminina individual, e se sim, qual?